Parentalidade … isso é tão complexo que não vem com um manual de instruções e quase todo mundo nos critica. No final do dia, não nos importamos, com os quais vemos nossos pequenos crescerem e sermos boas pessoas nos confortando, mas há certos detalhes que nos mostram um pouco das falhas que tivemos como pais.

Não há nada melhor do que convidar um filho ou filha para casa de um amigo para uma refeição e, ao final ensiná-lo a levantar-se rapidamente para lavar o prato e, se possível, o dos outros, é um gesto de educação, valores instruídos e até de agradecimentos.

Existem muitos exemplos, mas é como diz a especialista do Centro de Saúde Squirrel Hill, na Pensilvânia (Estados Unidos) Deborah Gilboa, que ressalta que nos concentramos o tempo todo enviando nossos filhos para fazer as tarefas de casa da escola, e que eles acabam se esquecendo que a casa também precisam de tarefas a serem cumpridas.

Um estudo da empresa de pesquisa Braun apoiou as palavras da especialista, indicando que 82% dos pais pesquisados ​​eram responsáveis ​​pela limpeza das crianças e apenas 18% lhes impunham uma tarefa.

O que geralmente acreditamos ser um “bem” que estamos fazendo para eles acaba sendo muito prejudicial, pois no momento de enfrentar o dia a dia eles se vêem sem armas e habilidades para se defender. Eles precisam sair do ninho e não têm o conhecimento necessário para dominar as tarefas domésticas fáceis e básicas para um convívio.

Gilboa forneceu um guia em uma entrevista ao Today sobre como incutir responsabilidades em crianças de pouca idade. Ela acredita que devemos colocar obrigações a partir de 3 a 5 anos nas crianças.

Ela diz que eles podem pelo menos começar a segurar a pá de lixo enquanto você estiver varrendo, e por volta das cinco anos você já pode pedir para organizar e classificar algumas poucas tarefas. Peça-lhes para pegar e guardar os seus brinquedos.

Dos 6 e 8 anos, eles serão capazes de realizar tarefas mais complexas, como retirar o lixo, lavar a louça ou cuidar de animais de estimação, tornando-se uma criança bem direcionada e focada. Entre 9 e 11, você pode ensiná-los a lavarem suas próprias roupas.

Aos 12 anos, você pode ensiná-los praticamente tudo, para que você eles estejam visitando casas de parentes ou amigos, saibam como se comportar com educação e não perder os hábitos ensinados. Para então, a partir dos 18 quando eles deixaram o ninho, terem uma real noção de como a vida adulta funciona.

A educação escolar é fundamental, mas tudo começa em casa.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS