Andamos rápido na rua, com a cabeça sempre olhando para baixo ou em nossos telefones celulares, com fones de ouvido. Nós não olhamos. Nós não ouvimos. Nós não nos vemos.

É assim que se vive na sociedade atual, onde o contato humano e a preocupação com os outros são quase nulos. Outro pode estar sofrendo ao nosso redor e nem sabemos. Ou vemos, mas não fazemos nada.

Felizmente, ainda existem seres humanos nobres e altruístas quebrando esse tecido de indiferença que nos separa.

A usuária do Facebook, Fher Ibarra, compartilhou em sua conta uma cena emocionante que testemunhou nas ruas de Tijuana, no México. Uma enfermeira parou para curar as feridas de um homem em situação de rua.

Enquanto esperava sua carona, Fher viu uma garota, que mais tarde se identificaria como Mari, que havia deixado o emprego e começou a curar o pé de um sem-teto. “Ela não precisava fazer isso, poderia ter mantido o ritmo como muitos, talvez estivesse cansada após um árduo dia de trabalho, mas parou e ajudou”, escreveu a mulher ao lado das fotografias do momento.

A generosa enfermeira se chama Marycarmen Caro Gastelum e depois que sua história se tornou viral nas redes sociais, ela recebeu muitos elogios e parabéns.

Essa sociedade precisa obter mais desse espírito!

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS