Às vezes, tendemos a acreditar que não existem alternativas às quais estamos acostumados e, infelizmente, nem sempre estão corretas. Uma delas é o uso de couro nas roupas. Lembremos que se trata de pele de animal e vem do sofrimento.

Por isso um grupo de empresários mexicanos resolveu buscar uma alternativa para continuar usando aquelas roupas que tanto fazem se sentir bem.


Desserto

Adrián López e Marte Cázarez são os cérebros por trás dos couros Desserto , feitos de cacto e com ótimo desempenho para uma ampla variedade de aplicações. A intenção deles é acabar com o curtimento de peles de animais, mas não porque eles querem acabar com esse negócio, mas sim porque querem acabar com o abuso.

“O objetivo é oferecer uma alternativa sustentável e livre de crueldade, livre de produtos químicos tóxicos, fitalatos e PVC. O resultado, o Desserto, o couro de cacto vegano, é parcialmente biodegradável e possui as especificações técnicas exigidas pela indústria de moda, marroquinaria, moveleira e até automotiva”. Desserto

Os cactos utilizados são totalmente orgânicos e cultivados em fazenda, são uma boa opção pela baixa necessidade de água e seu rápido crescimento.

Especificamente em Zacatecas, as folhas maduras de cada planta são cortadas, isso para não danificar a própria planta. O processo é bastante simples, as folhas são colocadas para secar por 3 dias e nenhuma energia extra é utilizada além da solar, conforme explicado no site.

“O cacto absorve CO2 à noite porque só quando o ambiente está fresco a planta abre o seu estoma captando CO2, gerando oxigénio, absorvendo a água presente na atmosfera que normalmente provém do orvalho matinal. Essas plantas C3 precisam em média de 1.000 litros de água para produzir 1 quilo de material, enquanto o cacto precisa de apenas 200 litros, porém esses 200 litros são absorvidos pela planta através de seu mecanismo higroscópico natural”.

Esta dupla teve a ideia depois que López trabalhou na fabricação de móveis e posteriormente no setor automotivo. Cázarez trabalhou na área da moda, então se dedicou a unir seus conhecimentos, disseram ao Fashion United.


Desserto

Sem dúvida uma revolução não só no mundo da moda, mas também um grande compromisso com o meio ambiente. Seu material atende às características e especificações exigidas pelas indústrias que utilizam couro animal, portanto não há desculpa para não abandoná-lo.


Desserto

Esperamos que os designers levem isso em consideração em seus produtos, é certamente uma ótima opção que literalmente salvará vidas.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS