Quando o catálogo de outubro da marca American Girl foi lançado, muitos ficaram surpresos ao ver a pequena Ivy Kimble (de Chicago, EUA) em suas páginas, usando um vestido vermelho lindo segurando uma boneca pequena, como qualquer uma de suas colegas.

Mas a presença de Ivy é, na verdade, um símbolo muito especial: a menina de 4 anos tem síndrome de Down e é uma das primeiras a aparecer nesses catálogos.

October American Girl catalog features girl with Down Syndrome

Lembre-se de que é muito raro ver a mídia impressa ou a presença de pessoas com qualquer condição genética diferente; portanto, o gesto da American Girl está apontando na direção certa.

“Ivy é adorável e trabalhadora, e as fotos que tiramos para o nosso catálogo de férias são lindas. Esperamos continuar nosso trabalho de comemorar todas as meninas.” Representante da American Girl.

Kristin Kimble, mãe de Ivy, disse que a escolha de Ivy por fotos trouxe muito entusiasmo não apenas à sua família – composta por mais três irmãs – mas também a todas as pessoas que não estão acostumadas a serem representadas na mídia.

“Queremos continuar vendo crianças com todos os tipos de habilidades na impressão e na mídia. Eu amo que essas empresas estejam fazendo um esforço consciente para continuar mostrando-as. Minha esperança é que isso continue a crescer, mas que deixe de ser um “esforço consciente” e se torne algo natural.” Kristin Kimble, mãe de Ivy.

Todos esses gestos vão em direção a um destino comum: que o conceito de inclusão desaparece e que todos possamos ser representados da mesma maneira no que consumimos.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS