Dada a magnitude do desastre ecológico que está devastando as florestas da Austrália, não é de surpreender que todos tenham sido alertados. Não importa se você mora perto ou longe do desastre, se foi afetado pela imensidão do desastre ou pelas imagens dos animais que sofreram as piores conseqüências, uma situação como essa exige a atenção de todos.

Muitos voluntários já fizeram a viagem à ilha para ajudar; Quem não pode deixar tudo e ir para outro país contribuiu com recursos ou divulgou informações.

Por outro lado, várias celebridades já se declararam dispostas a ajudar. Dada a quantidade de recursos necessários, até um centavo pode fazer uma grande diferença. Felizmente, as celebridades têm um pouco mais de recursos à sua disposição. Já falamos sobre como Chris Hemsworth já havia feito sua parte . Agora, cabe a outra lenda do mundo se encarregar do assunto.

Nada menos que Elton John, o homem por trás de uma imensidão de sucessos imortais, como “Rocket Man” ou “Tiny Dancer”, decidiu que tinha fortuna suficiente em suas mãos para e poderia se livrar de alguns dólares. Na verdade de algumas centenas de milhares de dólares. Um milhão, para ser exato.

Elton declarou sua intenção de contribuir com essa enorme quantidade de recursos para a luta contra as chamas em um concerto que ele deu na própria Austrália. Parte de seu discurso foi para comemorar o trabalho duro que os bombeiros e outros voluntários estão fazendo, além de enfatizar todo o amor que ele sente por aquela nação:

“Todos devemos estar entusiasmados com o trabalho que os bombeiros estão fazendo. Há pessoas que perderam a vida tentando combater incêndios, outras que também perderam suas casas. Há também o sofrimento de animais, que sofreram perdas de habitat em escala bíblica, o que parte meu coração. É por isso que hoje prometo doar 1 milhão de dólares para ajudar aqueles que estão lutando contra as chamas”. -Elton John

Elton é uma das celebridades mais amadas do mundo. Mesmo assim, após essa afirmação, conseguimos dar um espaço para amar você ainda mais, o que nunca pensamos que seria possível.

Texto originalmente publicado no UPSCOL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS