Johhnie Philips é atendente de um posto de gasolina da cidade de Springfield, em Illinois, nos Estados Unidos. Até pouco tempo, ele caminhava cerca de duas horas da sua casa até o trabalho.

Depois de enfrentar um turno de 10 horas, à noite, caminhava mais duas horas para voltar pra casa.

Isso é coisa do passado graças a compaixão de um cliente. Jim Copeland, um funcionário dos correios e cliente regular do posto, sempre passa pelo local para comprar um lanche no caminho para o trabalho.

Entre uma conversa e outra, Johhnie, que é pai de três filhos, lhe disse que fazia longas caminhadas entre a casa e o trabalho.

Sensibilizado com o esforço do rapaz para garantir seu ganha-pão e não deixar faltar nada aos filhos, Copeland comprou uma bicicleta para dar de presente a Johhnie.

O simpático atendente, que já viveu em situação de rua, era só alegria quando recebeu a bicicleta de Copeland.

Na verdade, ele custou a acreditar que não precisaria mais sair tão cedo de casa e que agora poderia trabalhar menos cansado – e com algumas bolhas a menos na sola dos pés.

Como uma criança que ganha sua primeira bicicleta numa manhã de Natal, Johhnie não perdeu tempo, subiu na bicicleta e deu algumas voltas ao redor do posto de gasolina. “Eu queria lhe dar algo especial”, disse Copeland ao Inside Edition. “Ele é um bom atendente”.

Fonte:Razões para acredita
Autor: Vicente Carvalho

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS