Foram confirmados no Brasil pelo Ministério da Saúde no último dia 20, 1.845 casos de sarampo. Somente nos 90 últimos dias, foram 1.680 casos de contágio.

Dose extra da vacina

Segundo o Ministério, foi adotada uma nova recomendação: Bebês entre seis meses e menos de um ano devem tomar uma “dose extra” da vacina.

Foram divulgados no balanço anterior 1.388 casos confirmados, o que aponta uma crescimento de 32% no total de casos confirmados desde o dia 14. Ao todo, já há registros em 88 cidades de 11 estados. O Ministério da Saúde afirma que a doença já afeta São Paulo, Rio, Pernambuco, Goiás, Paraná, Maranhão, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Bahia, Sergipe e Piauí.

Sarampo

É uma doença extremamente contagiosa causada por um vírus do gênero Morbillivirus, da família Paramyxoviridae. O contagio pode ocorrer por meio da fala, tosse e espirro. O quadro de infecção pode ser considerada grave, e causa complicações principalmente em crianças desnutridas ou com sistema imunológico debilitado.

Doze Zero

Todas as crianças de 6 meses a 11 meses e 29 dias devem receber uma dose adicional, a chamada “dose zero”. Essas recomendações valem para todo o país, e deve cobrir 1,4 milhões de crianças. O ministério ainda ressalta que a “dose zero” não substitui ou elimina a necessidade de tomar as demais que integram o calendário nacional de vacinação.

Anteriormente, essa dose zero era indicada somente para aquelas que fossem viajar para municípios que estejam com surto da doença.

Segundo o Ministério da Saúde, já existe um planejamento para compra da vacina. E estimativa é que será necessário aplicar uma média de 2,5 milhões de doses por mês considerando as ações de rotina, ações de bloqueio, doses adicionais e doses para as pessoas que precisam ser vacinadas nesse momento.

Com informações:G1

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS