Kevin Kumala é um biológo nascido na Indonésia, que após ter voltado dos Estados Unidos para o seu país natal, criou uma sacola feita de mandioca e que caso seja jogada em rios ou mar, servem como alimento para peixes.

O biólogo conta que após retornar a sua ilha natal, Bali, se deparou com um grande acúmulo de lixo. Então ele desenvolveu, fabricou e passou a vender produtos que se parecem com plástico, porém têm como matéria-prima a mandioca, que não prejudica o meio ambiente.

Empresa

Kevin criou em 2014 a empresa Avani Eco, onde ele vende sacolas, canudos talheres, copos e embalagens, todos feitos com materiais sustentáveis, que com o período de 100 dias se decompoem.

“Nossos sacos de mandioca de tamanho médio podem transportar até 8 libras (3,5 kg) se transportar produtos secos”, diz o perfil da empresa no Instagram.

A empresa informa no seu site que seus produtos já substituiram três toneladas de produtos não sustentáveis desde 2016.

“Nós buscamos continuamente nos tornar uma ponte para ajudar e encorajar comunidades e negócios a produzirem iniciativas que gerem um impacto sustentável para o meio ambiente. Encorajando o uso do termo ‘responsável’ como um valor central dos três fatores chave: reduzir, reutilizar, reciclar”, diz o site da empresa.

Estima-se que, em 2050, o mundo produzirá 33 bilhões de toneladas de plástico. Lembrando que o material plástico demora até 400 anos para se decompor.

Com informações:SNB

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS