A cidade de Kwinana, na Austrália, conseguiu com um método incrivelmente simples e eficaz remover praticamente todo o lixo da água do esgoto.

O Sistema que é chamado de StormX, vem apresentando excelentes resultados, foi instalado no verão passado, e é realmente simples: basicamente se instala uma rede na saída do tubo de drenagem que ajuda a capturar pequenos e grandes detritos que poderiam contaminar o meio ambiente.

Como foi feito:

Primeiro as autoridades instalaram duas redes de teste, para ver se o sistema funcionava. Os resultados foram incríveis. Ao longo de 4 semanas, as redes capturaram  mais de 360 kg de lixo.

Com o sucesso do StormX, decidiu-se por instalar mais dessas “armadilhas de resíduos”, por toda a cidade para minimizar a poluição e os efeitos negativos sobre a vida selvagem e o meio ambiente.

O sistema se mostrou bastante eficiente  porque economiza dinheiro em outras frentes. Por exemplo, a cidade reduziu as despesas para a remoção manual de detritos dos tubos de drenagem.

“As redes reutilizáveis do tipo comercial fazem a captura completa dos poluentes maiores e de até 5 mm, incluindo materiais orgânicos (como folhas) que poderiam reduzir os níveis de fósforo e nitrogênio em nossa água. Esta solução econômica para lixos e detritos no escoamento de águas pluviais é altamente eficaz para um ‘primeiro descarte’”, explica a empresa que os criou.

As redes foram instaladas em orifícios de drenagem de concreto de 750 mm e 450 mm de diâmetro e foram limpas três vezes. Nenhum animal fora capturado desde o início da operação experimental. As autoridades de Kwinana planejam instalar novas redes em três locais adicionais.

Mas o que acontece quando as redes estão cheias de lixo?

Quando as redes estão saturadas de lixos, elas são retiradas e os detritos jogados em caminhões especiais e transportados para os centros de triagem. Lá, todo o material é separado em o que pode ser reciclado e não reciclado, e depois tratado. Após o processo as redes são reinseridas nos tubos de drenagem e continuam a fazer seu trabalho.

Este novo sistema de filtragem, mostra mais uma vez que pequenas ações são importantes, e trazem um enorme impacto positivo ao meio ambiente.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

  • Siga a Revista Saber Viver Mais no Instagram aqui.
  • Curta a Revista Saber Viver Mais no Facebook aqui.

Com informações: GreenMe

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS