Como já havíamos comentado aqui, a OMS (Organização Mundial da Saúde), acaba de divulgar um guia de saúde com orientações para crianças com menos de 5 anos.

Uma dessas orientações fala sobre a criança ficar exposta no máximo por uma hora diante de telas, quer seja celular, tablete ou TV.

Para os pais que cada dia estão mais ocupados, aparelhos eletrônicos parecem ser soluções rápidas e tentadoras. Mas vale a pena delegar uma responsabilidade que é exclusivamente humana para um aparelho tecnológico?

O certo é que o celular e o tablet se tornaram a nova chupeta para as crianças, e as consequências disso são devastadoras!

Miopia em crianças

A OMS prevê que já em 2020, 35% das pessoas terão miopia, essa consequência reflete diretamente nas crianças. Cada vez mais cedo crianças estão passando horas mexendo em tablet e celulares.

Dr. Emerson Castro, explica que o desconforto causado por ficar várias horas fixado olhando para as telas acontece porque os pixels piscam e a cada micro piscada a pupila fecha, causando uma fadiga, um cansaço visual.

Mas como convencer uma criança a deixar o celular de lado?

Estimule a criança a praticar atividades diferentes, brincadeiras, fazer exercícios ao ar livre, livros de colorir, cantar, e até mesmo um bom diálogo ao ar livre.

Quando a criança permanece por várias horas em ambientes fechados, além da falta de estímulo à visão de longo alcance, a falta da luz solar compromete a produção de dopamina, hormônio esse que ajuda a controlar o crescimento do olho.

Com informações:G1

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS