David Carter é um morador de rua que vive em Austin, no Texas. Durante décadas ele viveu nos arredores da Universidade do Texas, mas durante uma pesquisa de campo sobre a falta de moradia na região, ele foi descoberto por Ryan Chandler um estudante do campus.

Para a surpresa do estudante, David havia sido aluno da mesma faculdade a 40 anos atrás no curso de artes com uma pequena bolsa, porém aos 23 anos ele machucou uma das mãos em um acidente e abandonou o curso.

“Decidi entrevistá-lo um dia para obter a perspectiva dele sobre a questão dos sem-teto em Austin e isso levou a uma série de outras histórias”, explicou Ryan

Esquizofrenia e Drogas

Durante anos David enfrentou uma dura batalha, sem ter onde morar David se viu sofrendo de esquizofrenia e o abuso de drogas.

Ele então ficou bem conhecido no campus, por estar sempre na região, mas quem olha David não imagina o quão culto e articulado ele é. “O que eu gostaria de fazer é passar o resto da minha vida apenas pesquisando e escrevendo livros”, afirmou David

Mudança

Ao escutar toda a história de David o estudante Ryan resolveu que deveria fazer algo. “Ele realmente só precisava de um advogado que tivesse trabalhado com esse sistema antes e conexões no campus que pudessem ajudá-lo a defendê-lo”, explicou

A dupla então se dedicou a jornada de reintegrar David à vida acadêmica, e algumas semanas atrás receberam a notícia tão esperada.

David conseguiu finalmente ser readmitido no curso de belas-artes da Universidade do Texas. Ele já se inscreveu nos programas de História dos EUA e Pensamento Político Negro, que vai ter início no próximo semestre.

O morador de rua, reconhece que sem a ajuda de Ryan não conseguiria voltar a faculdade. “Todo mundo tem uma história”, refletiu Ryan.

“Se estendêssemos a simpatia que mostramos a David para todos, poderíamos realmente acabar com os estereótipos sistêmicos em torno da falta de moradia”, pontuou o estudante.

Com informações: Notícias R7

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS