Um gesto de honestidade que precisa ser compartilhado pra virar exemplo.

O exemplo de honestidade de um jovem do Senegal, que trabalha como ambulante em Porto Alegre, está emocionando os moradores da capital do Rio Grande do Sul.

O empresário Roberto Schotkis, comprou do jovem senegalês um cadarço por R$ 5,00. Tudo normal até ai, Roberto pagou com 3 notas de R$ 2,00 e seguiu seu caminho, ficou muito  surpreso quando o ambulante bateu em seu ombro.

O jovem correu atrás de Roberto para avisar que ele tinha dado uma nota de R$ 100,00 por engano.

O empresário tinha confundido uma nota de R$ 2,00 com a R$ 100,00, ambas notas são azuis, por isso o motivo da confusão.

“Fiquei emocionado. Um exemplo de honestidade, pequeno, mas nessa onda de desonestidade que está o país, isso é um exemplo” diz Roberto.

Emocionado pelo gesto do jovem, Roberto agradeceu e registrou o momento com Rarin na sua página do facebook. Em 24 horas a publicação viralizou.

Leia também: Blogueira maranhense narra luta contra o câncer e faz um alerta no Instagram

“Fui surpreendido. Não espera que tivesse tanto retorno assim. As pessoas se emocionaram. É interessante como um ato pequeno de honestidade sensibiliza as pessoas, talvez elas estejam sensíveis devido a propaganda da roubalheira no Brasil”,

Em 24 horas o post teve mais de 13 mil curtidas e 15 mil compartilhamentos na página de Roberto. Fora outros 40 mil na página da prefeitura de Porto Alegre, que também compartilhou a história.

Porém o empresário foi além…

Roberto comprou novamente de Rarin, fez uma compra de R$ 40,00 em produtos e deu R$ 60,00 de gorjeta. Ou seja o ambulante recebeu os mesmo R$ 100,00!

Rarin ficou famoso com o seu gesto e virou atração nas ruas de Porto Alegre. Muitos moradores fizeram questão de conhecer o jovem, fazer compras e tirar fotos com ele. Mas o melhor estava por vir…

Rarin deixou de ser camelô, por sua ação ele ganhou um emprego de carteira assinada. Ele agora trabalha em uma rede de Postos Vips.

Ele passa receber de R$ 3 mil a R$ 4 mil, entre salários e gorjeta.

Parabéns a Rarin, pela atitude nobre. Parabéns Roberto, pois a honestidade precisa ser valorizada.

Com tanto final infeliz nesses últimos dias, finalmente um final feliz!

Informações: Só Notícia Boa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS