Um homem à beira da morte teve seu desejo de tomar um último sundae de caramelo concedido por funcionários da ambulância que o transportavam para o hospital.

O perfil oficial do serviço de ambulâncias de Queensland, na Austrália, compartilhou uma história comovente em seu Facebook.

Uma moradora da cidade de Gold Coast, Sharon ligou para a emergência para que seu marido, Ron,72 anos, um paciente em estado terminal, fosse levado ao hospital para receber tratamento paliativo.

Ao saber que o homem mal comia havia dois dias, as paramédicas Kate e Hanna perguntaram: “Se você pudesse comer qualquer coisa, o que seria?”. “Um sundae de caramelo”, respondeu Ron.

O desejo de Ron foi atendido pela equipe, a ambulância parou em um drive-thru para que Ron pudesse saborear sua sobremesa favorita na ambulância. A esposa disse que foi um ato inesperado de bondade, o momento registrado pela instituição.

“Ele colocou um sorriso no rosto”, comentou. “Era o típico Ron. Ele nunca dirá não a um sundae de caramelo”, disse a mulher.

A filha de Ron, Danielle Smith, afirmou em um comentário feito na publicação que ele morreu na manhã do último sábado, 1º.

“Meu pai aproveitou muito este momento, e foi a última coisa que ele foi capaz de comer por si mesmo. Eu e minha mãe não podemos agradecer o suficiente ao serviço por toda ajuda e compaixão”, escreveu.

Confira a publicação abaixo:

If you could eat anything, what would it be?We have been left humbled and tinged with sadness after receiving a…

Publicado por Queensland Ambulance Service (QAS) em Segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Informações:Estadão

RECOMENDAMOS