Por: Luiz Fujita Jr

Na prática, a mistura não garante efeito sedativo.

Aliás, muitas vezes ela causa o efeito contrário, pois o açúcar, quando metabolizado, é transformado em glicose e frutose, carboidratos que são importantes fontes de energia para o organismo.

Mas a ideia de que a bebida acalma não surgiu do nada. A confusão acontece porque o açúcar favorece a liberação de serotonina, hormônio responsável pela sensação de prazer e bem-estar, que pode ser interpretada como “tranquilizante”.

Também não se pode subestimar o efeito placebo da combinação. Quem toma água com açúcar em geral acredita piamente que ficará mais tranquilo, e, por isso, consegue de fato acalmar-se.

Em situações estressantes, a mistura também pode trazer uma sensação de tranquilidade, pois nessas condições, o corpo produz mais adrenalina, aumentando o gasto de energia.

Como a energia precisa ser reposta, a água com açúcar pode cumprir esse papel e, dessa forma, gerar a sensação de calma. Agora, se quiser garantir o efeito calmante, melhor mesmo misturar o açúcar com chá de camomila ou de erva-cidreira.

Fonte: Drauzio Varella“>Drauzio Varella

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS