Uma vacina promissora que tem o potencial de reverter os sintomas do diabetes tipo I – uma doença auto-imune frequentemente diagnosticada na infância, está indo para um estudo de fase II, que testará a vacina em humanos com doença crônica.

Bacilo Calmette-Guérin

A vacina, chamada bacilo Calmette-Guérin (BCG), conseguiu reverter o diabetes tipo 1 em um estudo entre camundongos e em um estudo de fase I em 103 seres humanos.

O novo estudo, anunciado pelos pesquisadores no domingo nas Sessões Científicas da Associação Americana de Diabetes, durará cinco anos e testará o efeito da vacina em pessoas com diabetes tipo 1 em adultos entre 18 e 60 anos.

Durante os testes, os pacientes vão receber duas injeções de BCG com quatro semanas de intervalo, em seguida receberão a mesma dose anualmente pelos próximos 4 anos.

A vacina pode ser capaz de melhorar a doença em pessoas com níveis pequenos mas detectáveis ​​de insulina provenientes do pâncreas. A pesquisadora principal, Dra. Denise Faustman, diretora de imunobiologia do Hospital Geral de Massachusetts (MGH), estima que cerca de um milhão de pessoas com diabetes tipo 1 poderão ser beneficiadas.

Texto originalmente publicado no Time, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS