Qual é a primeira coisa que você vê nesta foto?

1. A figura encapuzada

O que você precisa monitorar em si mesmo, quando se trata de relacionamentos, é a sua paciência. Você tende a perder o controle muito rapidamente e pode colocar em risco seus relacionamentos mais especiais. Preste atenção às suas palavras e atitudes, porque elas não podem ser mudadas, não importa o quanto você se arrependa. Se você se sentir zangado e impaciente, afaste-se do seu parceiro e volte quando estiver mais quieto, isso ajudará a preservar seu relacionamento.

2. O rosto da Monalisa

Se o rosto de Monalisa chamou sua atenção, o ponto que requer atenção em seus relacionamentos é o excesso de romance. Antes de tudo, queremos deixar claro que poder ver a beleza e o amor em nossos relacionamentos é um presente, uma característica muito importante. No entanto, se não houver equilíbrio saudável, esse romantismo pode prejudicar a conexão, porque tendemos a ignorar problemas em favor da felicidade efêmera, o que torna as situações negativas ainda maiores. Fingir que tudo está em ordem, quando não está, só piora as coisas.

3. O homem sentado na parte de trás em roupas cor de rosa

Se esse homem foi a primeira figura que você viu, o medo do conflito é uma característica que precisa trabalhar em si mesma. Você está com muito medo de se expressar como realmente é com a outra pessoa e corre o risco de perder o interesse. Nem sempre é fácil mostrar sua autenticidade, mas é a única maneira de construir relacionamentos sólidos. Muitas vezes, as coisas mais difíceis são as mais essenciais.

V

4. O homem de cabelos grisalhos e barba no canto superior direito

Se este homem chamou sua atenção mais do que qualquer outra figura, esteja sempre atento à sua auto-estima. Sempre que você se mostra com muita confiança, sua auto-estima pode minar sua vida amorosa. Cuide-se, faça coisas que o façam feliz e se tornem sua prioridade. Dessa maneira, as coisas fluem mais naturalmente para seus relacionamentos.

Texto originalmente publicado no Italia Feed, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS