Pode não parecer, mas essa situação é mais comum do que pensamos. Nós também em algum momento tentamos esconder a tristeza, o estresse e a preocupações por trás de um sorriso.

O problema maior é quando começamos a nos esconder por trás de uma máscara de tranquilidade e satisfação, afastamos as pessoas evitando que ela nos ajude, facilitando o acesso a uma profunda depressão.

Quando o depressivo sorri…

Temos uma tendência em pensar que a pessoa deprimida não pode levar uma vida normal, que só fica na cama e não consegue ir para o trabalho ou realizar qualquer outro tipo de atividade

Está imagem do depressivo já virou um clichê comum, cada pessoa é um mundo e lida com a depressão de forma diferente. Mas você sabia que aproximadamente 71% daqueles que sofrem de depressão tentam ocultá-la?

Muitas pessoas tem o quadro de depressão, mas conseguem ser funcionais e até divertidos nas suas vidas diárias. Geralmente elas não externalizam, mas carregam uma dor por dentro que as consomem lentamente, até que algum momento elas desmoronam pois não suportam mais o peso da máscara que construíram.

Na Psicologia é conhecida como depressão sorridente. O depressivo simula sempre uma aparência de normalidade e até mesmo felicidade, mas experimenta os sintomas de depressão dentro de si mesmo.

Mas porque esconder a depressão?

As causas podem ser muitas, mas em geral é o equivalente a um mecanismo de defesa, que serve para esconder seu verdadeiro estado.

– Ele tem vergonha do seu problema. 
– Ele/a não quer reconhecer a depressão. 
– Não quer preocupar os outros. 
– Ele/a está muito preocupado com sua imagem. 

Quem é mais susceptível de sofrer de depressão sorridente?

– Pessoas introvertidas
– Perfeccionistas
– Pessoas hiper-responsáveis

Os perigos da depressão sorridente

A pessoa deprimida que escolhe sorrir sofre, mas tenta viver como se não sofresse. No entanto, emoções e sentimentos nunca devem ser ignorados ou ocultos porque isso não os fará desaparecer. Como resultado, a pessoa que finge escapar da depressão, na realidade o que está fazendo é alimentando-a. A longo prazo essa atitude vai custar caro. Na verdade, existem muitos casos de suicídio que pegam amigos e até mesmo familiares completamente desprevenidos.

O problema é que, neste momento, a pessoa de repente encontra-se cara a cara com sua realidade e sente que ele está em um beco sem saída e sem ninguém para ajudá-la. Por essa razão, pode atentar contra sua vida.

Fingir ser feliz não é a solução

Segundo um estudo realizado na Michigan State University analisou o impacto de um sorriso falso sobre o nosso humor.

Esses psicólogos seguiram um grupo de motoristas por duas semanas e descobriram que quanto mais sorrisos fingiam, pior ficava o seu humor quando voltaram para casa. Um humor marcado pela irritabilidade, raiva e tristeza.

Se você conhece alguém que tenta esconder a depressão por trás de um sorriso, fale com essa pessoa. Não a pressione a falar sobre sua situação porque, dessa forma, ele provavelmente se fechará ainda mais.

Em vez disso, mostre sua vulnerabilidade e conte seus problemas. Desta forma, você poderá se conectar emocionalmente e será mais fácil para ela se sentir identificada com suas dificuldades e contar as dela.

Informações:Psiconlinews

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS