Por: Revista saber Viver Mais

Imagine poder cultivar algumas plantas dentro de casa ou apartamento, sem tem que mexer com terra ou mesmo ficar regando todos os dias? Existe esse tipo de planta?

Sim, elas existem, são 8 ervas que podem crescer e criar raízes sem a necessidade de serem plantadas e adubadas.

Elas são chamadas de ervas perenes, pois ao contrário das plantas de estação que poduzem a semente e depois morrem, essas plantas se retiradas as folhas mais velhas e tendo o cuidado elas continuam crescendo em tamanho real.

Cultivadas em ambiente fechado

O cultivo dessas ervas em ambientes fechados não é tão difícil como quando tentamos cultivar legumes ou frutas em ambientes fechados.

Veja como é fácil

Coloque as hastes da erva em frascos de vidro (opaco é o melhor), cheios de água (não destilada) e coloque-os em um local onde eles recebam luz direta por pelo menos 6 horas por dia.

Clipe cada folha à medida que cresce em tamanho real para incentivar o caule a produzir mais folhas no topo. Isso também permitirá que o caule cresça por meses seguidos.

Abaixo as 8 ervas mais fáceis e populares cultivadas na água:

1– Manjericão

O manjericão é uma planta medicinal e aromática também conhecida como Manjericão-de-folha-larga, Alfavaca, Basilicão, Anfádega e Erva-rea, muito utilizada para fazer remédios caseiros para aftas, tosse e dor de garganta.

O manjericão é muito fácil de cultivar em água, seguindo as instruções básicas acima. Você também pode usar qualquer variedade de manjericão.

2– Sálvia

Usada como tempero e matéria-prima de chás, a planta é conhecida popularmente pelas suas propriedades medicinais. É ótima em inibir a resposta inflamatória no corpo. Por esse motivo, essa erva pode ajudar a remediar sintomas que vêm com doenças como artrite, asma brônquica e aterosclerose.

Você pode adicionar sálvia fresca às suas saladas ou fazer em um chá para ajudar a acalmar os pulmões irritados.

3– Hortelã

A hortelã comum, conhecida cientificamente como Mentha spicata, é uma planta medicinal e aromática, com propriedades que ajudam a tratar problemas digestivos, como má digestão, flatulência, enjoo ou vômitos, por exemplo, mas a hortelã também tem efeitos calmantes e expectorantes.

Pode ser transformado em chá, ou você pode até adicioná-lo a receitas frescas de sorvete. A hortelã não exige muito espaço, mas precisa ser instalada em local com bastante incidência de luz.

4– Orégano

Verificou-se que o orégano é superior aos antibióticos prescritos, funcionando como antibacteriano, antiviral, antifúngico e antioxidante eficaz.Alguns estudos em tubo de ensaio mostraram que o orégano e seus componentes podem ajudar a matar células cancerígenas

Esta erva adorável pode ser usada em pratos de massas, molhos, ensopados, sopas ou até mesmo transformada em chá para curar seus pulmões de sintomas de tosse, asma, bronquite e outras infecções.

5– Erva-cidreira

Erva-cidreira,também conhecida como cidreira ou melissa, é muito utilizada no tratamento de problemas digestivos, e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação, mercados e algumas feiras livres. Também pode ser cultiva em casa porque é fácil de plantar e de manter.

Uma ótima maneira de preparar esta erva é arrancar algumas folhas e mergulhá-las em água morna para fazer um chá. Você pode até fazer um repelente de insetos com as folhas da planta, embebendo 1/2 xícara delas em 1 xícara de avelã por cerca de 1 semana. Coe e despeje em um frasco de spray.

6– Estévia

Estévia é uma planta, Stevia rebaudiana, nativa do Brasil e Paraguai, cujas folhas têm um princípio adoçante natural muito potente, o esteviosídeo. Aqui vamos contar porquê a estevia é uma alternativa natural tão melhor do que o açúcar, quando a questão é se obter um sabor adocicado nos alimentos.

A estévia ajuda a reduzir o desejo de nicotina (para ajudar a parar de fumar), porque existe uma ligação entre os desejos de açúcar e nicotina.

7– Alecrim

Por conter propriedades digestivas, diuréticas e antidepressivas, o alecrim serve para auxiliar na digestão dos alimentos e no tratamento de dor de cabeça, depressão e ansiedade. O alecrim pode ser apreciado em sopas, ensopados e molhos. Também é recomendável adicionar alecrim a qualquer prato de batata que você adicionar ao forno. O alecrim pode ajudar a reduzir a quantidade de acrilamida causadora de câncer, criada como subproduto da batata assada!

8-Estragão

O estragão é uma ótima erva para ajudar a combater o açucar no sangue. Também atua como forte agente antibacteriano. A erva também serve para ajudar no tratamento de cólicas menstruais, regular a menstruação e melhorar a má digestão em caso de refeições volumosas ou gordurosas.

O estragão gosta de lugares quentes e ensolarados para crescer, portanto, verifique se estão próximos a uma janela voltada para o sul.

Com informações:Pensar Cintemporâneo

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS