Com o planeta à beira do aquecimento global, os preços subindo e a desigualdade aumentando em todos os lugares, parece que a opção pelo vegetarianismo é a melhor opção para todos. A opção considerada, adulta e responsável.

Um estudo da Universidade de Graz, na Áustria, analisou os hábitos alimentares de várias pessoas, encontrando um fato peculiar: as pessoas que comiam carne tinham melhor saúde em todos os aspectos do que as pessoas que comiam pouca carne ou nenhuma delas.

O estudo analisou os dados de 1.320 pessoas da mesma idade, incluindo 330 vegetarianos, 330 pessoas que comiam carne, mas principalmente frutas e legumes, 300 que comiam regularmente, mas pouca carne e 330 comedores regulares de carne .

Os resultados indicaram que, embora os vegetarianos consumissem menos álcool e tivessem menor massa corporal, eles ainda se encontravam em piores condições físicas e mentais do que suas contrapartes carnívoras.

Os pesquisadores tiveram o cuidado de não tirar conclusões sobre qual é o melhor alimento ou se uma dieta é prejudicial à saúde:

“Nosso estudo mostrou que os adultos austríacos que consomem uma dieta vegetariana são menos saudáveis ​​(em termos de câncer, alergias e problemas de saúde mental), têm menor qualidade de vida e também requerem mais tratamento médico. No entanto, não queremos dizer que esta é a causa desses problemas “.
-Investigadores da Universidade de Graz

De qualquer forma, os carnívoros nunca entenderão a sensação de olhar para uma bela vaca nos olhos e não sentir nenhuma culpa.

* Nota: As informações e sugestões contidas neste artigo têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS