Atualmente quando o assunto é doença a maioria das pessoas optam por fazer os tratamentos com medicamentos farmacêuticos, mesmo que o uso prologando de vários remédios podem ser prejudiciais à saúde.

Essa tendência vem mudando e alguns estão optando por usar remédios naturais, confiando mais nas plantas medicinais do que em medicamentos farmacêuticos.

O Hospital Nazareth da Zona Sumapaz em Cundinamarca, que trata seus 2806 pacientes com o que a natureza oferece.

O Hospital Nazaret está localizado dentro do Parque Temático Chaquén, que tem como objetivo pesquisar a saúde  do ecossistema humano e a ecoterapia . A região de Sumapaz é agrícola, nesta cidade podemos encontrar uma das maiores áreas de cultivo de batata do planeta com cerca de 178.000 hectares, os habitantes têm várias doenças devido ao uso de pesticidas e dores osteoarticulares que recebem pelo seu trabalho, como também problemas relacionados à exposição solar.

Os responsáveis ​​pelo Hospital de Nazaré também ensinam aos seus pacientes a importância de melhorar as práticas agrícolas, como a rotação de culturas para evitar pragas e a degradação da terra e não ter que usar tanto agroquímicos.

Da mesma forma, também eles treinam os agricultores e médicos sobre o uso de 25 espécies de plantas medicinais – como papayuela, Vira Vira e altamisa.

São mais de 90 plantas aprovadas na Colômbia pela auditoria da Comissão Invima Pharmaceuticals para tratar algumas de suas doenças . Segundo a OMS, 40% da população da Colômbia usa a medicina tradicional . As comunidades camponesas e indígenas são as que mais recorrem e aproveitam até 5.000 espécies.

A ecoterapia, como são chamados esses tratamentos naturais , também favorece as pessoas que vivem em Bogotá e sofrem de transtorno bipolar e esquizofrenia.

Este hospital treina e concede livros educativos à comunidade para ensiná-los a usar corretamente a medicina tradicional. A seguir mostraremos algumas plantas que eles usam para algumas doenças do ser humano.

Plantas que são usadas como remédios naturais

  • Problemas digestivos: alho, manjericão, hortelã, senna, linhaça, cristais de aloe, hortelã-pimenta, anis, canela, camomila, boldo.
  • Cuidados com a pele: Gualanday, banana, calêndula, yerbamora.
  • Doenças respiratórias: Ancião, gengibre, totumo, alecrim, totumo, malva.
  • Dores: Urtiga comum, orégano, salgueiro, rue, dente de leão, chuchuaza, tomilho, calêndula.
  • Estresse: Erva-cidreira, maracujá, camomila, valeriana, cidra, laranja, maçã.
  • Infecções no trato urinário: Urtiga e vira vira.

Texto originalmente publicado no Libertad Y Pensamiento, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Saber Viver Mais

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS